Entre a Casa e o Corpo

4 de outubro 2017, 18h00, Escola Superior de Comunicação Social (Auditório Vítor Macieira)
Documentário sobre a Escola Superior de Dança realizado em parceria com a Escola Superior de Comunicação Social e a Escola Superior de Música de Lisboa

A Escola Superior de Dança é, desde há trinta anos, um pólo criativo essencial para a formação de profissionais de dança em Portugal.
A partir de testemunhos daqueles que fazem e fizeram parte da instituição, procura-se retratar a vida na escola, pensada como espaço para a experimentação artística, suportada pela exigência, pelo gesto técnico. Do toque dos corpos nascem relações vitalícias entre os que ocupam o Palácio Pombal da Rua de O Século, e lutam contra as adversidades do desinvestimento da cultura e educação pela arte. Indivíduos, pessoas, amigos, cujas histórias se cruzam para traçar o círculo da dança do nosso país. 

som e imagem  ANDRÉ AFONSO
argumento  JOÃO BARROSO e JOSÉ CRESPO
entrevistas  TERESA VIEIRA e SOFIA FELGUEIRAS
realização e montagem  JOÃO BARROSO

música  PEDRO FINISTERRA, JAMES BLACKSHAW & LUBOMYR MELNIK, ZOE KEATING
duração  aprox. 58’

apoios
Escola Superior de Comunicação Social (ESCS)
Escola Superior de Dança (ESD)
Escola Superior de Música de Lisboa (ESML)
Companhia Nacional de Bailado (CNB)

Mais informações:
Cartaz do evento
Ficha técnica

Ciclo 6 2016/2017

Apresentações e espetáculos com trabalhos dos alunos do curso de Licenciatura em Dança da ESD

Nos dias 3 a 7 de julho de 2017 decorre o Ciclo 6 que tem como objetivo mostrar ao público o resultado de mais um ciclo de trabalho artístico da ESD.

A entrada é gratuita.

PROGRAMAÇÃO

INTERPRETAÇÃO I
Espetáculo: 5 e 6 de julho | 21h30 | Átrio da ESD

O PONTO VIVO de Amélia Bentes, criação coreográfica interpretada por alunos do 1º ano.

Sinopse: “O ponto vivo” é o título de um dos capítulos de Um, Ninguém e Cem Mil, do escritor Luigi Pirandello. Inspirou-me essencialmente o conteúdo emotivo que refere a obra. Procurar uma tomada de consciência do “eu” e do que mentalmente esse “eu” vai acumulando. (Amélia Bentes, 2017)

“Fora de toda a imagem em que pudesse representar-me vivo a mim mesmo, como se fosse alguém também para mim, fora de toda a imagem de mim tal como imaginava poder ser para os outros; dentro de mim, um «ponto vivo» tinha-se sentido ferido tão profundamente que deixei de ver.”   (Luigi Pirandello, 1989)

CRIAÇÕES COREOGRÁFICAS IV
Espetáculo: 5 e 6 de julho | 21h30 | Átrio da ESD
Apresentação de trabalhos coreográficos dos alunos do 2º ano sob orientação dos professores Francisco Pedro e Ofélia Cardoso.

CRIAÇÕES COREOGRÁFICAS IV e VI
Apresentação: 6 e 7 de julho | 15h00 | Átrio da ESD (programas diferentes)
Apresentação de trabalhos coreográficos dos alunos do 2º ano sob orientação dos professores Francisco Pedro e Ofélia Cardoso e apresentação de trabalhos coreográficos dos alunos do 3º ano sob orientação dos professores João Fernandes e Madalena Silva.

Sinopse: "Serão apresentados os trabalhos criados e desenvolvidos no âmbito dos Projetos IV e VI - módulo de opção de Criação e Interpretação. Nestes módulos pretende-se que os estudantes desenvolvam as suas competências de criação, interpretação, implementação, análise, produção técnica e artística, através da criação de exercícios coreográficos de pequena duração e em formatos diversificados."(Madalena Silva, 2017)

CRIAÇÕES II
7 de julho | 13h00 | Átrio da ESD
Apresentação dos trabalhos coreográficos do alunos do 1º ano, no âmbito da unidade curricular “Estudos de Movimento II”, com orientação do professor Fernando Crêspo.

DANÇA EM CONTEXTO
6 de julho | 19h00 | Sala 2 da ESD
Apresentação de trabalhos teóricos de alunos do 3ª ano, no âmbito do módulo “Dança em Contexto”, com orientação da professora Maria José Fazenda.

Sinopse: "Trabalhos de alunos que mostraram conhecimento sobre a diversidade das formas da dança, dos seus diversos propósitos e contextos de ocorrência e das suas diferenças ao nível histórico, cultural, social e estético." (Maria José Fazenda, 2017)

Metamorfose IV

Dança Multimédia

6 a 8 de julho, Grande Auditório (lotação reduzida) Culturgest, Lisboa

Conceção | Paulo Ramos
Criadores / Intérpretes | Andreia Serrada, Carolina Sousa, João Pedro, Mélanie Ferreira e Pascoal Amaral
Orientação coreográfica | Francisco Pedro
Desenho de luz | Formandos do Workshop de Iluminação Cénica
Orientador de iluminação | Zé Rui
Sonoplastia e banda sonora | Formandos do Workshop de Sonorização Cénica
Orientador de sonoplastia | Ricardo Guerreiro

Num processo criativo normal o trabalho coreográfico e de corpo antecede a criação da sonoplastia e do desenho de luz. Para este projeto quisemos inverter essa ordem: fazer um desenho de luz, conceber o ambiente sonoro do espetáculo e convidar um grupo de bailarinos para criar uma coreografia a partir daí. Foi lançado mais uma vez o desafio à Escola Superior de Dança que integrou o projeto no seu currículo da Licenciatura em Dança envolvendo alguns dos seus alunos finalistas como criadores/intérpretes.

O projeto Metamorfose IV pretende dar sequência ao iniciado em 2012 com o Workshop Cenografias Móveis e ao espetáculo que daí resultou, intitulado Metamorfose.

Parceria |  Culturgest e Escola Superior de Dança

Público-alvo | Maiores de 12
Horários | 21h30
Preços | 2,50€ (até aos 30 anos e desempregados) e 5€ (público em geral)

Mais informações: Culturgest

Fotografia © Mana

Workshop com Iván Angelus

23 junho 2017 | 14h00 às 16h00
Estúdio 5 da ESD

Iván Angelus, fundador e Diretor da Academia de Dança Contemporânea de Budapeste, irá dirigir um Workshop de ‘Improvisation as a tool of performing’ para 20 alunos do 2º ano do curso de Licenciatura em Dança da ESD.

“Performance always includes fix and improvised acts as well, including classical performing art forms. Jazz music and contemporary dance opened a new chapter in the history of improvisation. 
This short workshop will focus on the last: improvisation as a performing tool. My approach is based on very strict frames in service of the biggest freedom of expression.”

 

IVÁN ANGELUS

Considera-se um homem de teatro, mas foi fundador de várias instituições de dança. Desde 1979 dança, coreografa, ensina bailarinos.

É o fundador e diretor da Academia de Dança Contemporânea de Budapeste, e é responsável
– pelas funções quotidianas e pela sobrevivência da escola em condições reais
– pela estratégia artística e pedagógica
– pelo Ensino Básico de Dança Contemporânea, Criatividade, Estratégias e Aprendizagens e Integração Social para futuras bailarinas contemporâneas
– por ajudar professores de dança a desenvolver seu próprio perfil de ensino

Como coreógrafo cria as peças Portrait film (1988), Flying Carpet / Repülő szőnyeg (2012) e Kémhatás (2014).

Summer Course de Dança IPL/ESD – Inscrições abertas

Durante 3 semanas intensivas, no mês de julho, o Instituto Politécnico de Lisboa (IPL) vai realizar a 1ª edição de Summer Courses de Arte (Teatro, Cinema, Dança e Música), lecionados por profissionais de relevo em cada uma das áreas.

O Summer Course de Dança será realizado na ESD e tem como objetivo desenvolver competências através da experimentação e do conhecimento da dança em Portugal, através de master classes teóricas, teórico-práticas e práticas.

Será uma oportunidade única de aprendizagem com especialistas na área, como Amélia Bentes, Carla Pereira, Fernando Crêspo, Isabel Duarte, Jácome Filipe, Maria José Fazenda, Rafaela Gomes, Sandra Resende, Sylvia Rijmer, Vera Amorim e Vítor Garcia.

Temáticas abordadas:
Aspetos da Dança em Portugal – pós 25 de abril
Danças Tradicionais e Históricas
Relação entre Música e Dança Contemporânea Portuguesa
Estudos Coreologicos
Técnica de Dança Contemporanêa (Master Class)
Improvisação
Reportório (Master Class)
(entre outras)

Summer Course de Dança
Data:
17 a 21 de julho de 2017 (3ª semana)
Horário:das 9h-13h e das 14h-18h
Local: Escola Superior de Dança (ESD), Lisboa

Inscrição
Até 30 de junho, submissão de curriculum através do email:  ipl.international@sp.ipl.pt
Valor: 200 € (cidadãos europeus) | 350 € (cidadãos não europeus)
Público alvo: preferencialmente, participantes com experiência em dança (nível intermédio ou avançado)
Admissões: mínimo 6 e máximo 20 participantes

A frequência de todos os Summer Courses de Arte do IPL (3 semanas) – Teatro, Cinema, Dança e Música – tem o valor de 550 € (cidadãos europeus) e 1000 € (cidadãos não europeus).

Masterclass com José Luís Vieira

31 maio 2017 | 11h30
Estúdio 5 da ESD

José Luís Vieira, professor de Ballet, irá dirigir uma Masterclass de Técnica de Dança Clássica aos alunos do 3º ano (Turma 62) do curso de Licenciatura em Dança da ESD.

JOSÉ LUÍS VIEIRA

Faz parte do corpo docente da Escola de Dança do Conservatório Nacional desde 1994, onde integra o Quadro de Nomeação Definitiva. É professor de Técnica de Dança Clássica, Pas de deux, Variações e Oficina Coreográfica. Foi responsável pela direção artística das Oficinas Coreográficas e Espetáculos Finais da EDCN de 2000 a 2008.

De 2002 a 2003 foi Vice-Presidente do Conselho Executivo da Escola de Dança do Conservatório Nacional e em 2003 assumiu a presidência, cargo que ocupou até 2008.

Frequentou o curso de piano da Escola de Música do Conservatório Nacional

Frequentou o Curso Superior de Filosofia da Faculdade de Letras de Lisboa. Fez os seus estudos de Dança na Escola do Ballet Gulbenkian e no George Brown College em Toronto no Canadá.

Foi membro fundador da companhia Nacional de Bailado sob a direcção de Armando Jorge, onde de 1977 a 1984, dançou papéis de destaque em grande parte do repertório da Companhia. De 1984 a 91 foi bailarino solista do Scapino Ballet Amsterdam sob a direção de Armando Navarro e Nils Christe. Dançou em Portugal, Espanha, França, Holanda, Itália, Alemanha, Finlândia, Suécia, Macau, China e Canadá.

Foi professor e Coordenador pedagógico da Escola de Profissionais de Bailado da CNB. De 1999 a 2003 foi Mestre de Bailado da C.P.B.C. sob a direção de Vasco Wellenkamp.

Desde 1991 tem sido professor convidado de várias companhias e escolas da Europa e Estados Unidos da América, nomeadamente no Ballet Gulbenkian, Companhia Nacional de Bailado, Real Conservatório em Madrid, Scapino Ballet de Amsterdam, Ballet da Ópera de Ulm na Alemanha, Zurich Ballet na Suiça e no Atanta Ballet nos EUA onde tem sido professor convidado da companhia e do Atlanta Ballet Centre for Dance Educational nos últimos 14 anos.

Coreografou diversas peças no âmbito das Oficinas Coreográficas da E.D.C.N., para a Escola Superior de Dança, para o Atlanta Ballet Centre for Dance Education, nos EUA, e para o Kayser Ballet na Covilhã.

Os Antónios de Lisboa

Site specific no Castelo de S. Jorge, Lisboa
dias 1, 2, 8, 9, 15, 16, 22 e 23 de junho de 2017, pelas 19h00

Os estudantes finalistas do curso de Licenciatura em Dança da ESD, com orientação do professor Francisco Pedro, irão apresentar o site specific Os Antónios de Lisboa em forma de palestras coreografadas, apresentadas em altares, entre o Segundo Castelejo e a Torre de S. Lourenço, dentro das muralhas do Castelo de S. Jorge.

Os alunos estarão em Residência Artística no Castelo de S. Jorge, em fase de processo criativo, entre 22 e 30 de maio, de segunda a sexta, das 14h00 às 17h00.

Durante o mês de junho, nos dias do espetáculo, vários Antónios irão habitar o segundo Castelejo e convidarão os transeuntes, estrangeiros de fora, fotógrafos e amadores, crianças de mãos dadas e observadores de pedras, a irem olhar as vistas da Torre de S. Lourenço e verem as multidões de betão que pululam por de fora das muralhas do castelo.

Em Os Antónios de Lisboa, veremos battels de tronos de padroeiros, palradores, patronos e seus serviçais. Descerão das escadarias, procissões, marchas e manifestações, séquitos e cortejos, comitivas e caminhadas, jornadas e percursos, passeatas e deambulações, passeios e piqueniques. Nos pedestais de pedra, sermões serão entoados aos céus de Lisboa. Bancas humanas irão oferecer moedas de novos mundos, em troca de um olhar interessado, um sorriso complicado, um bater de palmas forte, um obrigado, vindos lá do fundo, onde as perguntas ficam à espera do momento de saída, quando se tornam som de voz dançada.

O evento realiza-se ao abrigo da parceria entre a EGEAC/Castelo de S. Jorge e a ESD/IPL e está integrado na unidade curricular Projeto VI do curso de Licenciatura em Dança.

Entrada | bilhete Castelo de S. Jorge

Fotografia © FP

Ciclo 5 2016/2017

Apresentações e espetáculos com trabalhos dos alunos do curso de Licenciatura em Dança da ESD

Na semana de 22 a 26 de maio de 2017 decorre o Ciclo 5 (2016/2017) que tem como objetivo mostrar ao público o resultado de mais um ciclo de trabalho artístico da ESD.

A entrada é gratuita.

PROGRAMAÇÃO

VÍDEO DANÇA, com orientação de Madalena Xavier
23, 24 e 25 de maio | das 14h00 às 18h00 | sessões em loop em vários espaços da ESD

"O conjunto de cinco vídeos-dança resulta do trabalho desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Projeto VI - módulo de vídeo-dança, do curso de Licenciatura em Dança da ESD. Neste módulo pretende-se que os estudantes adquiram as ferramentas teóricas e práticas que possibilitem o planeamento, gravação, edição e montagem de um vídeo a partir das contingências inerentes à criação coreográfica contemporânea." [Madalena Xavier, 2017]

T42 - CONSTELAÇÃO ESQUELETO, com coreografia de Pietro Romani
24, 25 e 26 de maio | 14h00 | Átrio da ESD
Criação coreográfica interpretada por alunos do 2º ano.
Este espetáculo será depois trabalhado em estúdio, no âmbito da Bolsa Educativa, com a orientação de Ana Silva Marques.

T42 é a mais recente constelação descoberta pelos cientistas do Observatório Espacial. Trata-se de um agrupamento de estrelas nunca antes observado e captado pela sonda espacial Voyager.
Os astrónomos explicam que apenas foi possível detetar esta nova constelação porque a sonda - lançada há 40 anos - desligou a maioria dos seus aparelhos para poupar bateria, como se fechasse os olhos e ficasse só a ouvir. Os relatórios explicam que o silêncio e escuridão trouxeram uma nova leitura do Universo, e que devemos esperar novas descobertas num futuro próximo. Esta nova constelação de 24 estrelas tem o número de registo T42 e recebeu o nome de Constelação Esqueleto. Os cientistas explicam: “Prevemos que esta seja a primeira de muitas novas descobertas, o esqueleto de um novo espaço sideral, onde todos os dias nascem e morrem estrelas. Podemos aprender muito com a sonda Voyager, se, tal como ela, fecharmos os olhos para ver melhor.” [Pietro Romani, 2017]

O DESCANSO DE SÍSIFO de Fernando Crêspo
24 e 25 de maio | 21h30| Átrio da ESD
Criação coreográfica interpretada por alunos do 1º ano.

"Na mitologia grega, Sísifo surge como o humano que, ao desrespeitar e enganar por diversas vezes os deuses, foi condenado a passar a eternidade a empurrar uma pedra até ao cume de uma montanha, trabalho que se revelou impossível, interminável, repetitivo e inútil pois, sempre que se encontrava prestes a chegar ao fim, a pedra rolava montanha abaixo." [Fernando Crêspo, 2017]

CRIAÇÕES II
26 de maio | 13h00| Átrio da ESD
Apresentação dos trabalhos coreográficos de alunos do 1º ano, no âmbito da unidade curricular Projeto II, com orientação do professor Fernando Crêspo.

 

Masterclass com Daniel Cardoso

7 junho 2017 | 9h30 às 13h00
Estúdio 5 da ESD

Daniel Cardoso, Diretor Artístico e coreógrafo residente da Quorum Ballet, irá dirigir uma Masterclass de Dança Contemporânea aos alunos do 3º ano (Turma 61) do curso de Licenciatura em Dança da ESD.

No final da Masterclass, às 11h00, será apresentada, em ensaio aberto, a peça "Modern Perspective" de Daniel Cardoso. Haverá espaço, depois, para uma conversa entre os alunos/professores e coreógrafos/intérpretes.

 

DANIEL CARDOSO

Daniel Cardoso formou-se na Escola de Dança do Conservatório Nacional, onde recebeu o respetivo diploma de Bailarino profissional. Foi bolseiro na Martha Graham School of Contemporary Dance, onde recebeu a CocaCola Award for Artistic Excellence pela Fundação Coca-Cola, nos EUA, e, na Joffrey Ballet School na cidade de Nova Iorque.

Nos Estados Unidos, dançou em companhias como Martha Graham Dance Ensemble, Martha Graham Dance Company (Solista), Donald Byrd/The Group (Solista) e como bailarino convidado no Westchester Ballet Company, Pearl Lang Dance Theater, Battery Dance Company, Coyote Dancers, entre outras. Em Nova Iorque, recebe um convite para dançar e coreografar no filme Altar Dance, realizado por Joe Clifford.

Em 2001, assinou contrato até 2005 com o Peter Schaufuss Ballet onde ascendeu a bailarino principal.  No mesmo ano, foi convidado a montar o bailado Maple Leaf Rag, de Martha Graham, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro no Brasil para a Martha Graham Trust.

Ao longo da sua carreira como bailarino dançou trabalhos de coreógrafos como Martha Graham, Peter Schaufuss, Robert Wilson, Maurice Béjart, Itzik Galili, Giuseppe Frigeni, Barbara Griggi, Donald Byrd, Susan Stroman, Steve Rooks, Kenneth Topping, Ginger Thatcher, Pearl Lang, Maher Benham, Milton Meyers, Terry Weikel, Thaddeus Davis, Richard Move, Benvindo Fonseca, Jonathan Hollander, Steven Pier, entre muitos outros.

De volta a Portugal no Verão de 2005, formou o Quorum Ballet do qual é coreografo residente e Diretor Artístico.

A sua experiência como coreógrafo inclui mais de 35 trabalhos para o Quorum Ballet, peças para o Ballet Nacional da Opera da Albânia (Albânia), Peter Schaufuss Ballet School (Dinamarca), Vaganova Academy (Rússia), Afrikera Dance Theater (Zimbabwe), CeDeCe Companhia de Dança, Companhia de Dança de Almada, Conservatório Nacional entre muitos outros. O seu trabalho tem sido altamente reconhecido a nível nacional e internacional pela critica.

Desde 2007, é professor e coreógrafo convidado na Vaganova Academy (escola do Kirov Ballet) em Sant Petersburgo, na Rússia. Em 2008 cria a peça "Encounters" para a Vaganova Academy estreada no Teatro Marinsky.

A sua experiência como professor incluí Martha Graham Center of Contemporary Dance (USA), Teatro Municipal do Rio de Janeiro (Brasil), Vaganova Dance Academy (Russia), Ballet Nacional da Opera da Albânia (Albania), Peter Schaufuss Ballet and PSB School (Denmark), Escola Superior de Dança (PT), CeDeCe Companhia de Dança (PT), entre muitos outros.

Atualmente, Daniel Cardoso é membro do Concelho Geral da Escola de Dança do Conservatório Nacional em Lisboa.

Masterclass com Romulus Neagu

4 maio 2017 | 9h00 às 10h30
Estúdio 8 da ESD

Romulus Neagu irá dirigir uma Masterclass de Dança Contemporânea aos alunos do 3º ano (Turma 62) do curso de Licenciatura em Dança da ESD.

ROMULUS NEAGU

Fez a sua formação no Liceu de Coreografia em Bucareste e aprofundou os seus estudos na dança contemporânea com Christine Bastin, Karine Saporta, Thiery Bae, Dominique Bagouet, Jeremy Nelson e Joseph Nadj, entre outros.

Trabalhou na Ópera Românã Craiova, Ópera Nacional de Bucareste, Orion Balet Bucuresti, Ventura Dance Company e Companhia Paulo Ribeiro, participando também em vários projectos dirigidos por Karine Ponties, José Wallenstein, Nuno Rebelo, Benvindo Fonseca, John Mowat, Cláudio Hochman, Né Barros, André Braga (Circolando), Ricardo Pais e Madalena Victorino.

Em coprodução com diferentes entidades, realizou vários projetos entre os quais se destacam: “O ensaio de um Eros possível”, “A invisibilidade das pequenas percepções”, “Banco do Tempo”, “Stretto” e o filme coreográfico “Perpetuum…”.

Desenvolve uma atividade regular de formação na área da dança, criando vários projetos para grupos específicos, comunidades de imigrantes, portadores de deficiência e grupos escolares.                                

Artista Associado no Teatro Viriato-Viseu, é fundador e diretor da Associação Cultural Intruso, projeto de criação e intervenção artística.