Passar para o conteúdo principal
ESD Mestrados

[O curso de Mestrado em Criação Coreográfica e Práticas Profissionais foi acreditado pela A3ES, conforme relatório da avaliação publicado a 7 de setembro de 2020.]

 

O Mestrado em Criação Coreográfica e Práticas Profissionais proporciona o aprofundamento de competências de criação coreográfica, nas especialidades de coreografia, interpretação e mediação artística em dança – ampliando e valorizando a formação no âmbito das Artes Performativas.

Promove a investigação pela prática, fortalecendo a sua relação com a dimensão conceptual, e estimulando a produção de conhecimento.
Desenvolve a capacidade de intervenção e realização autónoma de uma investigação no âmbito da coreografia, interpretação e mediação artística em dança, para diferentes contextos, públicos e comunidades, consolidando o domínio de competências técnicas, artísticas, criativas, comunicativas e reflexivas.

A organização do plano de estudos centra-se no desenvolvimento de competências específicas decorrentes das várias práticas profissionais, que estruturam diferentes domínios da criação coreográfica e que se assumem, na contemporaneidade, como pilares fundamentais para o desenvolvimento artístico e cultural.

Áreas de especialização: Coreografia, Interpretação e Mediação Artística em Dança.


Organização do Curso

1º ano – 2 semestres curriculares
– 6 Programas Regulares – promovem uma aquisição continuada dos conhecimentos do domínio teórico, organizados em um dia semanal de trabalho por períodos de 4 semanas.
– 6 Programas Intensivos – fomentam o desenvolvimento de competências artísticas e criativas, promovendo uma pesquisa imersiva que caracteriza os métodos e processos de criação na contemporaneidade em formato de Residências Artísticas, organizados em períodos de 2 semanas de trabalho intensivo.

Para a concretização das Residências Artísticas a ESD tem a colaboração das seguintes entidades:
Teatro do Bairro Alto (EGEAC)
Estúdios Victor Córdon (OPART)

2º ano – Projeto /Estágio/Dissertação
No 2º ano opta-se por uma das especializações do curso, desenvolvendo o trabalho de pesquisa artística e de investigação, num dos seguintes âmbitos:
• Projeto prático em Coreografia objeto de Relatório Final
• Projeto prático em Mediação Artística em Dança objeto de Relatório Final
• Estágio em Interpretação objeto de Relatório Final
• Dissertação em qualquer uma das três áreas de especialização


Protocolos de Cooperação
Para a prossecução dos estágios na especialidade de Interpretação a ESD tem um conjunto de Protocolos de Cooperação com estruturas parceiras:
• Balleteatro
• Body Builders| Rafael Alvarez – Associação Cultural
• Camada – Centro Coreográfico Associação
• Compagnie Illicite – Bayonne
• Companhia Clara Andermatt
• Companhia de Dança Contemporânea de Évora
• Companhia de Dança de Almada
• Companhia Instável
• Companhia Olga Roriz
• Companhia Paulo Ribeiro – Associação Cultural
• Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo
• Dança em Diálogos – Associação Cultural
• Estúdio 13 – Espaço de Indústrias Criativas
• Fundação Liga – Plural Companhia de Dança
• Grupo Dançando com a Diferença
• Grupo Experimental de Dança – Escola Vocacional de Dança das Caldas da Rainha
• INTRANZIT Cia
• Nome Próprio – Associação Cultural
• Quórum Ballet

 

Trabalhadores-Estudantes
O estudante pode requerer estatuto Trabalhador-Estudante e mediante a realização de “Contrato Pedagógico — Trabalhador-Estudante” garantir a consecução dos objetivos da unidade curricular e a possibilidade de avaliação.