Docentes | Tom Colin

Tom M. R. Colin  ·   e-mail: tcolin@esd.ipl.pt

Nasceu em Antuérpia, na Bélgica, em 1975. Professor, coreógrafo e bailarino, Tom M. R. Colin teve como professores Marinella Peneda, Jos Brabandts, Jeanne Brabandts, Annie Brabandts, Tom van Cauwenbergh, Ben van Cauwenbergh, Yen Stolck, George Houbiers, Piotr Nardelli e Jan Nyts.

Mestre em Ensino de Dança pela Escola Superior de Dança.

É, desde 2003, bailarino da Companhia Nacional de Bailado (CNB), tendo dançado grande parte do repertório da Companhia, em grupo e a solo, e trabalhou com coreógrafos como Heinz Spoerli, Mauro Bigonzeti, Marco Cantalupo, Katarzyna Gdaniec, Mehmet Balkan, Rui Horta, Olga Roriz, Anne Teresa de Keersmaeker, Hans van Manen, Paulo Ribeiro, Clara Andermatt, Ted Brandsen, Vasco Wellencamp, entre outros.

Entre 1992 e 2003 foi bailarino do Ballet Vlaanderen (Bélgica), sob a direção artística de Robert Denvers. Nesse período trabalhou com coreógrafos como Jan Fabre, André Prokovsky, Joseph Lazzini, Attilio Labis, Peter Anastos, Stuart Sebastian, Xin Pen Wang, Mauricio Wainrot, Christophe D’Amboise, Danny Rosseel, Marc Bogaert, John Wisman, entre outros. Em 2012 criou, para a CNB, a sua primeira coreografia, intitulada Imprint, uma peça para seis bailarinos com música original da sua autoria. Em 2013 criou Perception, para quatro bailarinos com música de Gavin Bryars. Fez o dueto Grief, em 2015, para dois bailarinos da CNB para a Gala Internacional de Dança Terpsícore, em Faro. Em 2016 criou a peça Equanimity, para oito estudantes da Escola de Dança do Conservatório Nacional (EDCN), que estreou no Teatro Camões, em Lisboa. Em 2017 criou Patterns para o CCB e, em 2018, In the pursuit of the perfect prime para a Gala Internacional de Dança, em Faro e Lisboa.

Desde 2016 que é professor de Ballet Clássico e Dança Contemporânea na CNB. Atualmente dá aulas na Escola Superior de Dança e é ensaiador na CNB.

 

>> voltar