Passar para o conteúdo principal

 

Joana Von Mayer Reis Baeta Trindade

Mestre em SODA-Solo/ Dance/ Authorship, Uni. Artes de Berlin UDK/HZT 2013. Licenciada em Psicologia, FPCEUP, 1998. Fundadora  e Diretora Artística da Nuisis Zobop com Hugo Calhim Cristovão (2004). Curso de Intérpretes de Dança Contemporânea 1999 e Curso Reciclagem Monitores Dança Comunidade 2001, Forum Dança. Curso Essais/Coreografia Dança 2006 no Centre National de Danse Contemporaine d’Angers (Bolseira da F.C.Gulbenkian). Bolseira do Centro Nacional de Cultura no Japão 2002, onde pesquisou e praticou Butoh com Min Tanaka na Body Weather Farm e Budismo Soto Zen Japonês, Zazen Dojo-Antai-Ji.

Dedica-se á investigação e prática da craft e arte do bailarino/performer com  metodologia própria e abordagem singular, marcada por confluência de linguagens entre dança ocidental e oriental, forte fisicalidade e expressão, forte componente de dramaturgia e investigação teóricas com contributo de psicologia e filosofia, conjugando com a valorização da vocação íntima do intérprete e da relação direção-interpretação como central, trabalhando em simultâneo meios (processo, técnicas, estratégias) e fins (criação, conhecimento). Unida com o rigor e ousadia em criações próprias não convencionais, visando inovação coreográfica e cénica com risco e o ultrapassar de limites e géneros delimitados, sem concessões às tendências mais reconhecíveis do momento ou do mercado e a éticas de compromisso e conformidade fácil. Procura sempre alargar os seus horizontes artísticos e culturais com outros modos de fazer, de pesquisar, de investigar através de estadias prolongadas em França, Alemanha, Índia e Japão, entre outros, saindo constantemente da sua zona de conforto. Colaborando com instituições de renome internacional como o Centre National de la Danse Contemporain d'Angers, o Centre National de la Danse Paris, Inter-University Center for Dance Berlin (HZT), Ufferstudios Berlim, Bodyweather Farm Min Tanaka Butoh, Antai-ji Japão, International contemporary dance festival “Time to Dance” Latvia/Riga, Banaras Hindu University (BHU) /Índia e Patanjali International Yoga Foundation, entre outros. 

Enquanto intérprete trabalhou com: Antonio Carallo, Wil Swanson, Paulo Henrique, Olga Roriz, Filipe Viegas, Sónia Baptista, Deborah Hay, M.Tanaka, Clara Guerra Marques, Emmanuelle Huynh, Eric Didry, Danya Hammoud, Colectivo Ligna, Isabelle Schad, João Fiadeiro e Yuko Kominami. Conjuntamente com Hugo Calhim Cristóvão, cria as peças de dança: SHE WILL NOT LIVE, BETWEEN BEING AND BECOMING, VELEDA, MENINAS, ZOS (She Will Not Live), O CÉU É APENAS UM DISFARCE AZUL DO INFERNO, DA INSACIABILIDADE NO CASO OU AO MESMO TEMPO UM MILAGRE, MYSTERIUM CONIUNCTIONIS, DOS SUICIDADOS – O VÍCIO DE HUMILHAR A IMORTALIDADE, FECUNDAÇÃO E ALÍVIO NESTE CHÃO IRREDUTÍVEL ONDE COM GOZO ME INSURJO, PORTRAIT OF A DANCER AS VELVET. Da sua autoria destaca as peças: SALTUS, JUSTIN(E) e NAMELESS NATURES. 2011 co-cria e apresenta o solo CONQUEST com mentoria de Deborah Hay, Serralves. 

Consultora artística Dramaturgia/Assistência ao Movimento e à Criação e professora convidada: Elisabete Finger, Ana Trincão, Jee-Ae-Lim, Cristina Planas Leitão, Isabel Costa (MA embodied natures FBAUP); PACAP3/Forum Dança, FAICC/C. Instável, Pós-Graduação Dança Contemporânea/ESMAE e BT. 2020 publica o ensaio "Ponto e Caos", livro Construir Futuros/F.GA. 1997. Com instituições nacionais e internacionais dirigiu workshops e é mentora de coreógrafos emergentes e alunos: PACAP3/Forum Dança, FAICC/C.Instável, Pós-Graduação Dança Contemporânea/ESMAE e BT. Docente Artes Cénicas Orientais, Curso Formação de Atores Universodade Lusófona do Porto. Docente do Mestrado em Criação Coreográfica e Práticas Profissionais, Disciplina Métodos e Processos de Criação da Escola Superior de Dança do Instituto Politécnico de Lisboa. 

 

Fotografia: © PaulaCepeda