Encontros Corpoemcadeia

O projeto Corpoemcadeia surge com o propósito de gerar um espaço de experimentação e criação em dança, junto de um grupo de 16 reclusos do Estabelecimento Prisional do Linhó, com enfoque no diálogo entre as práticas e metodologias artísticas da Companhia Olga Roriz e o modelo de intervenção em Terapia Gestalt, numa lógica de Justiça e Inclusão Social.

3 de maio | 14h às 16h
Apresentação do projeto Corpoemcadeia; Planeamento e gestão de projetos na área social e cultural: aspetos gerais
Facilitadora: Andreia Tavares - psicóloga clínica (também com formação em Terapia Gestalt)
Destinatários: alunos da unidade curricular de Intervenção Artístico-Comunitária do Mestrado em Ensino de Dança
Local: Sala C.1.10

10 de maio | 16.15h às 18.15h
Práticas de corpo e dança com enfoque gestáltico (exemplos retirados das sessões do Corpoemcadeia)
Facilitadora: Catarina Câmara - bailarina, professora e coordenadora do projeto (com formação em Terapia Gestalt)
Destinatários: alunos da unidade curricular de Intervenção Artístico-Comunitária do Mestrado em Ensino de Dança
Local: Estúdio A2

10 de maio | 18.30h às 20.30h
Um breve encontro com a Terapia Gestalt
Convidadas: Neuza Almeida (também coordenadora social do projeto Corpoemcadeia) e Irina António - psicólogas clínicas/psicoterapeutas e formadoras de Terapia Gestalt
Destinatários: Comunidade da Escola Superior de Dança
Local: Sala C.1.10

Projeto apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian através da iniciativa PARTIS – Práticas Artísticas para a Inclusão Social e promovido pela Companhia Olga Roriz em parceria com a Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, a Associação Portuguesa da Gestalt, a Escola Superior de Dança, entre outros.

Fotografia © Olga Roriz

Posted in Notícias.