Finalmente o Céu

Site specific no Castelo de S. Jorge, Lisboa
dias 7, 8, 14, 15, 21 e 22 de junho de 2018, pelas 19h00

Os alunos finalistas do curso de Licenciatura em Dança da ESD, com orientação da professora Amélia Bentes, irão apresentar o site specific Finalmente o Céu dentro das muralhas do Castelo de S. Jorge.

Os alunos estiveram em Residência Artística no Castelo de S. Jorge, em fase de processo criativo, entre 17 de maio e 1 de junho, de segunda a sexta, das 14h00 às 17h00.

A partir de 7 de junho, e durante 3 semanas, às quintas e sextas-feiras, os vários S. Jorge irão habitar o Castelo e gritarão aos transeuntes, o seu grito de guerra – a arte da vitória e da devoção. Levarão a todos os presentes o espírito de bravura e a força para vencerem os próprios medos. E todos os S. Jorge que habitam o Castelo poderão ser guerreiros e vencedores.

"Finalmente o Céu (em latim, Caelum Denique) é um grito de guerra, ou grito de armas, usado pela cruzadas durante as guerras santas. Um grito de incentivo à ação, à força, à proteção do guerreiro e à coragem.
A importância de São Jorge é enorme entre os Portugueses mas também em vários países do mundo. Simboliza nos dias de hoje a arte da vitória e da devoção, mas também o espírito de bravura e a força para se vencer os próprios medos. Apesar das nossas lutas é o equilíbrio que importa.
Como afirma Leonardo Boff , “Existem dois lados do ser humano: o de Dragão e o de São Jorge. Isso é assim porque a nossa vida é sempre feita de luz e de sombras, do dia-bólico (aquilo que separa) e do simbólico (aquilo que une).” São Jorge é o que nos mostra como, nessa luta, podemos ser guerreiros e vencedores. Ele enfrentou o dragão: dá rosto à força do eu, da própria identidade, garantindo a vitória. "      (Amélia Bentes, 2018)

O evento realiza-se ao abrigo da parceria entre a EGEAC/Castelo de S. Jorge e a ESD/IPL e está integrado na unidade curricular Projeto VI do curso de Licenciatura em Dança.

Entrada | bilhete Castelo de S. Jorge

Fotografia © Joaquim Leal

 

Posted in Notícias.