Masterclass com Ugo Ranieri

23 maio 2018 | 17h00
Estúdios Victor Cordon

Ugo Ranieri, Mestre de Ballet, irá conduzir uma masterclass de técnica de dança clássica, no âmbito da parceria com a Companhia Nacional de Bailado, aos alunos do 3º ano  (Turma 6B) do Curso de Licenciatura em Dança da ESD.

Formou-se na Escola de Ballet “Teatro di San Carlo” em Nápoles e aperfeiçoou a sua técnica na Academia Nacional de Dança em Roma. Depois de várias experiências em vários teatros italianos, tornou-se bailarino principal na Companhia de Ballet do “Teatro di San Carlo”, dançando em todas as produções, cobrindo papéis de étoile e participando de todas as tournées, tanto na Itália como no exterior.

No seu repertório podem ser citadas coreografias de Rudolf Nureyev, John Cranko, Ricardo Nuñez, George Balanchine, Roland Petit, August Bournonville, Alexander Gorsky, Marius Petipa, Luciano Cannito, Ugo dell'Ara, Fabrizio Monteverde, Renato Zanella, Youri. Vámos, Katarina Obradović, Jacqueline De Min, Zarko Prebil, Milko Sparemblek, Amedeo Amodio, Derek Deane, Nacho Duato, Mats Ek, Heinz Spoerli, Vladimir Vassiliev, Sir Frederick Ashton, Nanette Glushak, Leonide Massine.

Em 1994 e 2000, foi premiado com o Léonide Massine Price para Art and Dance.

De 2005 a 2013 é professor, mestre de ballet e assistente de direção na Companhia de Ballet do “Teatro di San Carlo” em Nápoles.
É coreógrafo assistente da Companhia de Ballet “Teatro di San Carlo”, onde encena os bailados que integram todas as produções da programação anual desta companhia.

Das várias produções destaca: “Ma Pavola”, de Roland Petit; "Barmoon", de Fabrizio Monteverde; "Giselle", de Derek Deane; “Giselle”, de Ricardo Nuñez; “O Lago dos Cisnes”, de Ricardo Nuñez; "Onegin", de John Cranko; “Zorba, o grego”, de Lorca Massine; “Mireille”, de Jean-Charles Gil; “Carmina Burana”, de Youri Vámos; “Morte e a donzela” e “Fandango da Luz”, de Robert North; "Giselle", de Mats Ek; "Il mio Angelo", de Luc Buy; “Sem palavras”, de Nacho Duato; “La Strada”, de Mario Pistoni; “Carmen”, de Misha van Hoeck; “La Chauve-souris”, de Roland Petit; “Cantata”, de Mauro Bigonzetti; "Don Quixote", de Alexei Fadeyechev.

Posted in Notícias.