Quantos Podemos Ser

Espectáculo em parceria com o GED, com interpretação dos alunos da ESD
23 de março | 21h30 | Centro Cultural e Congressos, Caldas da Rainha 

O GED l Grupo Experimental de Dança das Caldas da Rainha, em Protocolo de Colaboração com a ESD l Escola Superior de Dança do Politécnico de Lisboa, estreia a 23 de março mais um programa de originais, com uma primeira parte ao cargo de jovens criadores e a segunda com a criação de Madalena Xavier para o GED 20018, "Quantos Podemos Ser”.
Desta forma, ambas as instituições reforçam o propósito do Protocolo que a une, fomentando oportunidades de integração de jovens criadores no mercado de trabalho.

Os alunos da Escola Superior de Dança (ESD) integram novamente, como intérpretes, o Grupo Experimental de Dança das Caldas da Rainha.

Como criadores, apresentarão na primeira parte do espetáculo 2 criações coreográficas, de alunos do curso de Licenciatura em Dança.

QUANTOS PODEMOS SER_GED 2018

Partindo da peça coreográfica “quantos podemos ser”, criada em 2013 para um grupo de estudantes da Escola Superior de Dança, procuro com este projeto dar início a um novo processo criativo onde os materiais coreográficos originais servem de estímulo para a pesquisa de novas possibilidades dramaturgicas, experiências de movimento e sua composição. Num processo de criação que se deseja colaborativo, os intérpretes, através das suas singularidades, serão centrais para a reconfiguração das ideias e descoberta de novas possibilidades. Interessa-me criar uma peça sobre as pessoas que lhe dão corpo, e tal como “em quantos podemos ser” abordar questões que se prendem com as relações humanas e as suas fragilidades.
Eu. O outro. Eu e o Outro.
(Madalena Xavier, 2018)

Mais informações:
Cartaz 
Centro Cultural e Congressos
Bilheteira

Posted in Notícias.